Ao contrário do que muitos pensam o Mosteiro de São Bento não é constituído exclusivamente de monges. Os oblatos são tentáculos externos que vivem a Regra de São Bento em casa, na família ou no trabalho. São Mais numerosos que os monges.

O fato de os Oblatos viverem ao externo do Mosteiro, ou seja, fora da clausura, faz com que estes sejam, uma espécie de nossos missionários. Por isso, tem um papel importante no seio da Santa Madre Igreja.

Nossos oblatos, especificamente, promovem cursos diversos e momentos de oração, que são abertos ao grande público, constituindo estes, parte de seus trabalhos junto ao Mosteiro.

Diretor Espiritual: Dom João Evangelista Kovas, OSB

Auxiliar: Ir. João Marcos Nonato, OSB.

MOSTEIRO DE SÃO BENTO DE SÃO PAULO

GRUPOS DE ESTUDO DOS OBLATOS SECULARES  

  • Mística – Dom Alexandre
  • Liturgia das Horas – Dom Gregório
  • Liturgia – Dom Alexandre 
  • Sagrada Escritura – Dom Bruno

Os Grupos de Estudo acontecem das 20h00 às 21h30, na sala 25, 2º andar da Faculdade de São Bento, no Mosteiro.

*para os encontros de Liturgia e Sagrada Escritura é importante levar sempre a Bíblia e as apostilas dos Cursos de Liturgia e Bíblia, da Mater Ecclesiae. Qualquer outro material será indicado oportunamente. Para o grupo de Liturgia das Horas deve-se levar a edição da Paulus da Liturgia das Horas (volume único ou os quatro volumes, de acordo com o Tempo Litúrgico trabalhado). Com relação à Mística, usaremos o livro “Espiritualidade cristã”, de Francisco Catão (Paulinas).

* para adquirir as apostilas “Curso Bíblico” e “Curso de Liturgia”, vocês devem entrar em contato com a Escola Mater Ecclesiae do Mosteiro do Rio de Janeiro por telefone ou por e-mail: (21) 2242.4552/

materecclesiae@materecclesiae.com.br ou pedidos@materecclesiae.com.br Eles também possuem um site com todos os cursos por correspondência www.materecclesiae.com.br

——————————————————————————————————————————————

CORAL DE CANTO GREGORIANO 

Coordenação : Dom Alexandre de Andrade O.S.B.

 Tendo como público alvo os leigos, em geral oblatos e freqüentadores do Mosteiro, os ensaios realizam-se desde 2007 :

  • todas as quintas, das 20h00 às 21h30, na sala 29 do 2º andar da Faculdade de São Bento exceto na última semana do mês, quando o coral se apresenta na missa da Meditação Cristã, no mesmo horário, na Basílica de Nossa Senhora da Assunção, no Mosteiro. 
  •  não é necessário conhecimento e/ou experiência musical anterior

——————————————————————————————————————————————

MEDITAÇÃO CRISTÃ

Coordenação : Drª Maria Vanda Andrade da Silva

Nosso grupo de oração contemplativa reúne-se :

  • Todas as quintas, das 19h30 às 20h00, na sala 29 do 2º andar da Faculdade de São Bento;
  • Na última quinta-feira do mês, realiza-se a missa da Meditação Cristã, a partir das 20h00, na Basílica de Nossa Senhora da Assunção, no Mosteiro. Nesta missa, contamos com a participação especial da Associação dos Confrades e Amigos do Caminho de Santiago de Compostela ( www.santiago.org.br )

Comunidade Mundial de Meditação Cristã :

confraternização

A prática da meditação é bem simples:

  • Sente-se confortavelmente, mas com a coluna ereta;
    Feche levemente os olhos;
  • sente-se relaxado, mas atento;
  • Em silêncio, interiormente, comece a repetir uma única palava
  • Recomendamos a palavra-oração: “Maranatha”
  • Recite-as como quatro silabas de igual duração “Ma-ra-na-tha” em ritmo lento;
  • Ouça-a a medida que a pronuncia, suave mas continuamente;
  • Não pense nem imagine nada – ainda que seja espiritual;
  • Se pensamentos e imagens afluírem à mente, trate-os como distrações e humildemente retorne à repetição da palavra.

22 Respostas to “Oblatos”

  1. Mª. Cristina Soares Esteves Says:

    Pax!
    Gostaria de participar, se possível, da próxima reunião mensal dos oblatos.
    Obrigada!
    Cristina

  2. Sandive Santana Says:

    AOS OBLATOS E OBLATAS DO MOSTEIRO DE SÃO BENTO

    PREZADOS(AS)

    Sou Sandive Santana, moro no Rio de Janeiro e gosto de escrever, fato que é oportunizado pelos artigos veiculados pelo Projeto Cultura Geral – Um diálogo com a contemporaneidade, promovido por este mosteiro, que posso comentar. O que será que me move? Qual são meus interesses?

    Há muitos anos, me dediquei á revisar a vida no seu aspecto religioso e qual não foi o resultado, fui atraido pelo monastério e cheguei a viver experiência sendo hospedado em um. E daí? Qual foi o resultado?

    Precisei rever minha doçura, sou firme e duro na condução das relações e fui enviado á viver uma experiência como missionário em diacese rural em Minas Gerais. Valeu a pena?

    Sim. Em minha vida procuro aproveitar o que posso, para melhoria de mim, contudo o saldo de uma caminhada de aproximadamente 07(sete) anos, dos quais 05 (cinco) sem casa, passando de acolhida em acolhida, gerou uma visão diferente das propugnadas pelas espiritualidades que pude conhecer no seio da Igreja, pois na rua, vivi a ação da Divina Providência, uma vez que não pedi esmolas seguindo o que me sentia induzir o Salmo 90, ou seja, a confiança em Deus.

    Hoje, continuo acolhido e num morro, comunidade pobre, que deixou á minha disposição um computador para escrever e multiplicar currículos que já se vão mais de 300 (trezentos) distribuidos sem retorno. Será a idade ou currículo?

    Aqui crio e desenvolvo Projetos para Promoção Humana na Comunidade de nome Barro Vermelho, no bairro do Engenho Novo e não tenho vínculo com qualquer organização religiosa fato que devo isto á caminhada. O que quer dizer?

    Sou cristão apenas. Leio e vivo o Envagelho de nosso Senhor Jesus Cristo à luz de uma convicção que me tornou escritor, sei lá se dos bons, mas escritor que nas entrelinhas de meus textos, difunde o Evangelho e minimamente uma mentalidade cristã ou proto-cristã.

    Quando escrevo, seja artigo, livros, ou projetos, tenho a sensação de pertencer á um mosteiro e de nele trabalhar na produção de saberes em diálogo com um mundo que hoje me parece estranho e se digo estranho, é porque, quando fui empresário do ramo de consultoria de empresas e professor universitário, ainda que com alguma sensação de não pertencer àquele mundo, vivi muitos desencontros que resultaram no reconhecimento do Cristo Salvador.

    Hoje sei que jamais poderei conviver num mosteiro, tão pouco ser um oblato. Mas sem nunca ter sito do metiê, senão por breve experiência em Itaporanga (Cistercieneses), à luz do Evangelho, este modo de vida monástico, ainda me banha os dias numa situação quase eremítica, pois quase não saio de “casa”.

    Ao ler que vocês oblatos participam criando e ministrando cursos para o mosteiro, fiquei satisfeito e olha que não tenho satisfação com facilidade, e por isso me dispus a escrever este texto, mais apropriado, talvez à uma reflexão ou à provocação de críticas especulativas de fundamento existencial, que algo informativo. Seja lá como for, está sendo escrito e por ele me sinto impelido á dizer que continuem, lendo e vivendo o Evangelho, estudando as várias disciplinas de formação eclesial, a falar da Cristologia, Patrística, Hagiografia, Hitória da Igreja seus simbolos e sinais no tempo, e vida monástica como um todo embora enfatizem a beneditina dada a procedência.

    Para encerrar, se não contrariar as orientações, me coloco a disposição para dialogar com vocês Oblatos e Oblatas, sobre assuntos de seus interesses, pois para mim, não sei porque, mas a idéia agrada, e á vocês? Enquanto eu puder estar aqui, e espero melhorar minha condição econômica para puder ter um casa, responderei a todos que enviar, o e-mail: sandive@bol.com.br, alguma mensagem, tá bem?

    Que Deus os abençõe, hoje e sempre.

    Com carinho,

    Sandive Santana

  3. Milton Fernandes Says:

    Quero ser um OBLATO!!!

  4. Ivanda Santos Says:

    Quando acontecera a proxima reunião.
    Como faço para participar??

    Estarei em São paulo em Maio.
    Quero ser um oblato…

  5. Helvecio Pires de Araujo Says:

    Desejo fazer um Curso Bíblico por Correspondência. Enviar para: Helvecio Pires de Araujo Rua 04 Quadra 03 Casa 16 Cohab Rodoviária 64215-760 Parnaíba PI

  6. Nely Rodrigues Vieira da Silva Says:

    gostaria de conhecer a caminhada dos oblatas

  7. Sandive Santana Says:

    PREZADA NELY RODRIGUES VIERIRA DA SILVA

    CAMINHAR, é um verbo importante na vida do Cristão.

    Em seu sentido mais imediato, sugere sairmos de um ponto qualquer onde estamos, rumo á um outro, onde em sempre querendo, devemos chegar.

    Considerando que no deslocamento, da caminhada, estamos, certamente na mesmo direção, podemos escolher sentidos distintos e portanto díspare, quiçá menos valoroso, no intento de satisfazer, prazes estranhos á boa fé e conduta.

    Deus e o diabo ou o Bem e o mal, estão numa mesma direção,ambos de braços abertos, porém em sentidos opostos.

    Em um dos sentidos, haverá sofrimento, e ao final glória. O outro, será exatamente o oposto, é enganoso pois convence aos órgãos sensoriais, é sensual e atraente. Causa boa emoção.

    Nos dias em que vivemos apertos econômicos, as tentações diante da boa representação social pode nos conduzir ao sentido do conforto imediato e apaziguador e de palmo em palmo e pouco a pouco, a desgraça está feita numa vida, na barata para existir.

    A caminhada dos Oblatos, deve ter o sentido que no rume á Deus, por Jesus, afinal ninguem chega ao Pai, senão por Ele, leia a bíblia e verá até como melhor educar seus filhos.

    Esta caminhada Oblata, deve ainda conter o setido de não necessariamente ser uma família, como atualmente entendemos, mas um sentido de grupo coeso e que forma um todo defensor e protetor do outro semelhante, de causa Beneditina e da Igreja, por esta espiritualidade.

    A caminhada Oblata têm papel terapêutico, didático e Evangelizador, pois a cada passo e olhar, tomamos ciência de que não estamos só, logo, o Espírito Santo está presente e nossa vida , por Ele deve ser mudada.

    Vá e caminhe com Oblatos. Conheça o seu papel sua história suas ações e liturgia vivida. Você vai gostar. PARTICIPE. Caminhar é viver cultura no espírito.

    Fraternalmente,

    Sandive Santana
    sandive@bol.com.br

  8. Sandive Santana Says:

    PREZADOS OBLATOS E OBLATAS DO MOSTEIRO DE SÃO BENTO DE SÃO PAULO

    Nosso Blog do Mosteiro de São Bento de São Paulo, está concorrendo á premiação ” TOP BLOG 2010″, acessem e vote. Conto com vocês e suas ações junto a seus familiares, parentes, amigos,vizinhos e colegas de trabalho.

    Que Deus os abençõe.

    Sandive Santana
    sandive@bol.com.br

  9. Amadeu Gonçalves Says:

    Acho que é um estudo muito importante para ser elaborado pois contem contudio muito devercificado


  10. + Pax
    Que esta Paz se estenda a todos os Irmãos Beneditinos e a todos os Oblatos… Atualmente estou no processo de admissão a Oblato, com a IEAB de Santos, na pessoa do Rev. Pe. Leandro Campos, e achei muito bom o site que fazem para a divulgação dos trabalhos que exercem. Maravilhoso, que o Senhor esteja sempre abençoando cada empreendimento e possam mais e mais se espelhar no Lema tão abençoado do Pai Bento de Nursia. Abraços a todos e ósculo santo!

    Asp. José Eduardo, oasb
    http://www.oblatosdesaobento.blogspot.com

  11. Aldo Mattos Says:

    Gostaria de freqüentar preparação para me tornar Oblato. Como proceder?
    Pax.


    1. Prezado Aldo,

      Procure conhecer os oblatos no próprio mosteiro. Eles sempre participam das missas das 10h do Domingo.

  12. Tamires Ferreira Says:

    Eu quero ser um Oblato, mais em Maceió ainda não tem um Mosteiro. Como eu posso ser de tão?


    1. Olá Tamires!

      O Mosteiro Beneditino mais próximo a Maceió é o Mosteiro da Natividade em Arapiraca.
      Para ser um oblato beneditino tem que estar ligado a um mosteiro. Procure conhecer as monjas de Arapiraca:

      (82) 3539-0126

  13. Tamires Ferreira Says:

    Que bom! Eu vou liguar para me informar melhor. Obrigado!

  14. Margarete Says:

    Gostaria muito de participar do grupo de meditação cristã. Existe algum procedimento, inscrição, algo no gênero? Muito obrigada.

  15. Ligia Cassia Velardi Says:

    Gostaria de ser informada de como fazer uma caminhada espiritual dentro dos oblatos beneditinos. Parabens pelo blog e que Deus abençoe a todos!


  16. sou oblato sacerdotal gostaria de fazer um retiro de3 dias, como diocesano preciso de Deus pe mauro carvalho da diocese de campos sou noblato ha 22 anos neste mosteiro

  17. Luciana Rocha Says:

    QUERO SER UMA OBLATA ? COMO FAZER

  18. ROGERIA GUIMARAES ALVES BERNARDES Says:

    Sou psicóloga e faço mestrado na Universidade Federal Fluminense. Meu projeto de pesquisa objetiva compreender a importancia do silencio e do canto gregoriano na comunidade beneditina. Gostaria de obter de vocês alguma indicação de bibliografia (livros que versem sobre o canto gregoriano e sobre a vida beneditina).
    Att

  19. JOÃO PAULO DOS SANTOS Says:

    JOÃO PAULO DOS SANTOS
    GOSTARIA DE PARTICIPAR DA ORDEM DOS OBLATOS
    MORO EM SANTO AMARO; SÃO PAULO

  20. flavio santana raimundo Says:

    gostaria de participar das oraçoes e aprender a ispiritualidade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s