O Centro de São Paulo se prepara para comemorar os 202 anos da festa de Santa Ifigênia. As festividades tem início dia 14 de Setembro de 2011 encerrando-se a 22 do mesmo mês.

Santa Ifigênia é padroeira da moradia.

Programação

Novenário

14 de Setembro – Quarta-feira – Abertura

Novena às 17h40

Missa às 18h30

Quermesse (com música ao vivo) – 19h30

15 de Setembro – Quinta-feira

Novena às 17h40

Missa às 18h30

Quermesse (com música ao vivo) – 19h30

16 de Setembro – Sexta-feira

Novena às 17h40

Quermesse (com música ao vivo) – 19h30

17 de Setembro – Sábado

Novena às 17h40

Missa às 18h00

Rock ao vivo – 14h

Quermesse (com música ao vivo) – 19h30

18 de Setembro – Domingo

Novena às 17h40

Missa às 9h, 11h e 18h

Quermesse (com música ao vivo) – 19h30

19 de Setembro – Segunda-feira 

Quermesse (com música ao vivo) – 15h

Novena às 17h40

Missa às 18h30

20 de Setembro – Terça-feira

Novena às 17h40

Missa às 18h30

Quermesse (com música ao vivo) – 19h30

21 de Setembro – Quarta-feira 

Novena às 17h40

Missa às 18h30

Quermesse (com música ao vivo) – 19h30

22 de Setembro – Quinta-feira – Festa

Missas:

Manhã: 9h e 12h30

Tarde: 15h e 17h – Procissão e Novena

18h30 – Missa Solene

Quermesse (com música ao vivo) – 19h30

Durante as festividades serão oferecidos, além da Eucaristia – celebrada diariamente, bênção do Santíssimo Sacramento, adoração pessoal – silenciosa, adoração comunitária, formação liturgica e orientação espiritual.

História

Localizada perto do Vale do Anhangabaú, a atual Igreja de Santa Ifigênia está construída no lugar de uma das mais antigas capelas da cidade, a Capela de Nossa Senhora da Conceição, construída antes de 1720. Essa primeira capela foi reformada a partir de 1794, e, conforme edito do Principe Regente Dom João VI, em 1809 surgiu a paróquia de Nossa Senhora da Conceição e Santa Ifigênia, que deu nome ao largo e ao bairro localizado ao redor da igreja. D. João também determinou que a irmandade de Santa Ifigênia e Santo Elesbão, cujos membros eram negros alforriados, se estabelecesse na nova igreja.

A igreja colonial foi demolida no início do Século XX. A construção da atual igreja começou em 1904, sendo inaugurada, ainda inacabada, em 1910. As obras terminaram por volta de 1913. O estilo arquitetônico da igreja, que nada tem a ver com o antigo edifício colonial, tem um caráter neo-românico com detalhes neo-góticos, inspirado em igrejas medievais do norte da Europa. O interior foi ricamente decorado com Pinturas, vitrais e um órgão monumental.

Entre 1930 3 1954, em razão da construção da catedral de São Paulo, a Igreja de Santa Ifigênia serviu de catedral da cidade. Em 18 de Abril de 1958, foi elevada ao grau de Basílica, pelo Papa Pio XII.