“Oratórios Barrocos – Arte e Devoção na Coleção Casagrande” entra em cartaz dia 22 de Agosto

A exposição “Oratórios Barrocos – Arte e Devoção na Coleção Casagrande”, no Museu de Arte Sacra de São Paulo, a partir de 22 de agosto, com curadoria de Percival Tirapeli, apresentará peças oriundas de cinco Estados para representar a devoção de residências brasileiras do período colonial, principalmente dos séculos XVII e XVIII.

Além de 40 oratórios, pertencentes à coleção Cristiane e Ary Casagrande, esculturas, pinturas e tapeçaria integrarão a mostra. Para o curador, “o colecionismo de objetos sacros ganhou força diante da destituição de elementos ornamentais das igrejas, que, anos mais tarde se modernizaram pela segunda vez, seguindo normas do Concílio Vaticano II. O Rio de Janeiro e São Paulo foram os principais receptáculos destas peças particulares, deslocadas do Nordeste para o Sudeste”.

Entre os destaques da exposição, as imagens do frei beneditino Agostinho de Jesus, o o crucifixo do escultor Domingos da Conceição e uma pintura de José Patrício da Silva Manso. O visitante poderá aprender os tipos de oratórios: laicos ou religiosos, domésticos ou conventuais, fixos ou móveis.

Oratórios Barrocos – Arte e Devoção na Coleção Casagrande
Avenida Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo
Tel.: (11) 3326.5393
Abertura: 22 de agosto de 2011, segunda feira, às 19h30
De 23 de agosto a 23 de outubro de 2011; terça a domingo, das 10 às 18h