Faculdade de São Bento e INPG – Instituto Nacional de Pós-Graduação se unem para formar bons executivos

 

O Mosteiro de São Bento, fincado no Centro de São Paulo é a instituição mais antiga da cidade, no mesmo lugar, de forma ininterrupta. Foi cenário de vários acontecimentos históricos ao longo de mais de 400 anos. Dentre esses, a aclamação de Amador Bueno como rei de São Paulo no Século XVII.

No que tange as artes destaca-se Frei Agostinho de Jesus, o primeiro escultor brasileiro e fundador da arte bairrista em São Paulo. Deve-se a ele o surgimento das famosas paulistinhas (imagens religiosas em barro, típicas da São Paulo colonial).

Pesquisadores acorrem aos escritos de outro importante beneditino do mosteiro paulistano para desvendar, recontar e analisar a História da maior cidade brasileira. Trata-se de Frei Gaspar da Madre de Deus, historiador do Século XVIII.

Os beneditinos paulistanos se destacam em diversas áreas do conhecimento, da arte e da cultura, da filosofia, teologia e das ciências. Neste contexto, vale ressaltar a criação da primeira Faculdade de Filosofia da América Latina, em 1908, a base para a primeira universidade do país e núcleo fundacional da PUC de São Paulo em 1946.

Tais empreendimentos possuem como base administrativa a famosa Regra de São Bento. Existente há mais de 1500 anos, a regra de São Bento organizou o modo de vida europeu numa época em que o Império Romano se extinguia e os saques bárbaros eram freqüentes.

Regra de São Bento e MBA

Tornou-se comum no meio administrativo a comparação entre o monge e o executivo (administrador). Tal comparação nos foi legada por James C. Hunter em seu Best Seller O Monge e o Executivo – Uma história sobre a essência da liderança. Aliando tradição e inovação o Mosteiro de São Bento de São Paulo juntamente com o INPG – Instituto Nacional de Pós-Graduação, passam a oferecer cursos de MBA (MBA Finanças e controladoria, MBA Gestão empresarial, MBA Mercado de capitais e Direito empresarial e Gestão e tributária) a partir do próximo semestre, utilizando o conceito do líder servidor, proposta da regra monástica.

O objetivo do curso é oferecer o bom desenvolvimento do cidadão atuante na área central de São Paulo, além de possibilitar o crescimento profissional, melhorar o reconhecimento pelo mercado e a conquista de maiores salários.

Assim, uma grande equipe de renomados professores com notória especialidade, na maioria mestres e doutores das melhores escolas de negócios do país, com sólida experiência acadêmica e empresarial, chega ao maior centro financeiro da América Latina, com o potencial de tradição, seriedade e ética beneditina na arte de administrar, arte de liderar pessoas.