O Brunch do Mosteiro de São Bento, criado em 2007, em preparação para a chegada do Papa Bento XVI ao Brasil, cresceu e a procura está cada vez mais concorrida.

O evento agrega arte, cultura, História e gastronomia. No que tange aos três primeiros itens, durante o banquete, os convidados podem adquirir ou apenas apreciar obras de arte sacra expostas nos corredores do mosteiro — entre elas, esculturas e pratarias barrocas dos séculos XVII e XIX. Tudo isto norteado pelo princípio do bem e do belo.

O belo emana das artes e o criador se faz presente nas várias manifestações artísticas. A música, a poesia, a pintura e a escultura transmitem o poder divino da comunicação.

Além de imaginária antiga, os participantes poderão apreciar imagens de um dos únicos artistas barrocos da atualidade: Hélio Petrus, na exposição “A divina maravilha na obra de Hélio Petrus”, com curadoria de Roseli Santaella Stella .

O artísta mineiro Hélio Petrus, considerado o mais importante escultor brasileiro “vivo”, que trabalha a madeira em estilo barroco. Suas peças seguem os modelos europeus, mas, fortemente influenciadas pelos grandes mestres barrocos surgidos no Brasil, como Ataíde e Aleijadinho. Uma diferença, porém, marca a sua obra, totalmente manual, realizada no cedro rosa. São as feições serenas que transmitem paz através dos meigos olhares de anjos, querubins, madonas, santas e santos.

O brunch tem início às 12 horas, após a missa das 10, em que os monges entoam cantos gregorianos acompanhados pelo famoso órgão da basílica do mosteiro.

As informações sobre o Brunch do Mosteiro e reservas são feitas apenas pelo seguinte contato:

Multipla Eventos – (11) 2440-7837