Mosteiro de São Bento preparará festa para os 200 anos de imigração chinesa para o Brasil

Em 2012, a imigração chinesa no Brasil vai completar 200 anos. Os primeiros imigrantes chineses vieram para desenvolver o cultivo do chá em São Paulo e trabalhar na implantação de ferrovia no Rio de Janeiro, capital do país na época. Já em 1810, Portugal organizava em sua colônia de Macau a vinda dos primeiros chineses para o país. É de lá que vieram os primeiros chineses. Desembarcando no Brasil eram logo encaminhados para onde hoje é o bairro do Flamengo, no Rio de Janeiro, local apropriado para tal plantação.

Foram trazidos por Dom Pedro I, que estava preocupado com o aumento do preço do chá praticado pela Inglaterra. A primeira entrada oficial de chineses em São Paulo ocorreu o 15 de Agosto de 1900. Eram 107 pessoas que, viajando no vapor Malange, procedente de Lisboa, desembarcou no Rio de Janeiro sendo conduzido em seguida para a Hospedaria de Imigrantes, na cidade de São Paulo. Mas, o grande fluxo da imigração chinesa se deu a partir da década 50. Os principais motivos dessa migração foram as guerras que estavam ocorrendo na China e a falta de alimentos no País.

Para chegar ao Brasil, os chineses viajavam mais de 45 dias de navio. Vinham atraídos pela disponibilidade de terra agricultável. “No Brasil, é muita terra e pouca gente. Ao contrário da China onde tem muita gente e pouca terra”, como se referiam alguns imigrantes chineses.

Os dois principais problemas enfrentados pelos imigrantes mais antigos, foram, em primeiro lugar, a dificuldade em aprender o português e, em segundo, a dificuldade de conseguir emprego. Eles se aplicavam em aprender a língua, pelo menos o mínimo para se comunicar com os brasileiros e arranjar trabalho.

As contribuições da comunidade chinesa em São Paulo são inúmeras. Além dos restaurantes típicos, eles trouxeram a técnica da acupuntura, as artes marciais,horóscopo chinês,contribuição no campo da medicina e incorporaram os fogos de artifício em nossa cultura entre tantas outras. Encontramos chineses comandando pastelarias, os que operam pequenas lavanderias familiares outra marca registrada que na imagem popular caracteriza os imigrantes vindos da China.

Estima-se que atualmente vivem no Brasil cerca de 200 mil chineses e descendentes, dos quais um número superior a 130 mil moram em São Paulo. Boa parte está no Centro, nos bairros da Liberdade, do Brás e trabalha com importação de produtos chineses.

Alunos chineses do Colégio de São Bento

O Mosteiro de São Bento de São Paulo vem respondendo com abertura a chegada dos novos chineses  ao Brasil. Nos últimos anos o colégio de São Bento ampliou consideravelmente o atendimento à comunidade chinesa em São Paulo, recbendo uma condecoração do Ministério das Relações Exteriores do Governo Chinês como “escola modelo de educação chinesa”. Uma das melhores do mundo.

Em breve o Mosteiro de São Bento fará uma homenagem aos imigrantes chineses que completam 200 anos da chegada ao Brasil.