Fundado em 1903 como Gymnasio de São Bento, o colégio foi uma iniciativa do grande Abade reformador Dom Miguel Kruse. A inauguração ocorreu no dia 21 de março, na festa de São Bento, e seu primeiro ano letivo iniciou-se em 15 de fevereiro de 1903. A partir de 1906, abrigou um internato e, em 1908, dividiu espaço com a recém-fundada Faculdade de Filosofia do Brasil.

Em 1943, recebeu o título de Colégio de São Bento. Em mais de 106 anos de atividade, o colégio tem formado com muito orgulho várias gerações de alunos, muitos deles ilustres em seus campos de atuação. Teve como professores, por exemplo, o grande historiador Affonso d’Escragnolle Taunay e o governador de São Paulo, André Franco Montoro. Frequentaram seus bancos escolares personalidades como o prefeito de São Paulo Francisco Prestes Maia, o médico Antonio Prudente Meireles de Morais (neto do presidente da República Prudente José de Morais e Barros), o poeta e tradutor Haroldo de Campos, o escritor Oswald de Andrade, o historiador Sérgio Buarque de Holanda, o ator Raul Cortez, o grande jurista Gofredo da Silva Teles Junior entre outros.

O Colégio de São Bento tem como principal objetivo a formação humana integral de seus alunos.

As estratégias adotadas pelo Colégio de São Bento estimulam o aluno a pensar em busca de soluções; a realizar tarefas de maneira autônoma; a reconhecer o seu próprio potencial para construir projetos de vida e capacitar-se a enfrentar mudanças.

A proposta pedagógica do Colégio de São Bento tem por objetivo a manutenção de um alto padrão de qualidade na educação em todos os cursos oferecidos, com base em valores, concepções, princípios e crenças que dizem respeito ao futuro do homem e da sociedade.

O processo educacional, produto de tal proposta pedagógica, baseia-se na formação integral, isto é, formação humanística, intelectual e cidadã.

O projeto pedagógico propõe, com eixos temáticos à proposta curricular das disciplinas, blocos de conteúdos que evidenciem o enfoque interrogativo e reflexivo que desejamos imprimir ao processo de ensino-aprendizagem, bem como a referência aos diversos campos do conhecimento, apontando para a intenção de superar o ensino fragmentado e descontextualizado.

Nos últimos anos o colégio de São Bento vem crescendo consideravelmente o atendimento à comunidade chinesa em São Paulo, e acaba de ganhar uma condecoração do Ministério das Relações Exteriores do Governo Chinês como “escola modelo de educação chinesa”. Uma das melhores do mundo.

Para saber mais: www.colegio.org.br

Anúncios