Capela do Colégio de São Bento - Raul zito

Por Daniel Nunes Gonçalves [com reportagem de: Fernanda Nascimento, Henrique Skujis e Sara Duarte] | 13/01/2010

Durante quase 100 anos, a Capela do Colégio permaneceu reservada aos monges do Mosteiro de São Bento, no centro. A partir do dia 25, ela e outras instalações privadas do monastério serão abertas pela primeira vez ao público. Tudo para a mostra Arte Espiritualidade, em que os artistas Carlos Eduardo Uchôa, José Spaniol e Marco Giannotti ocuparão corredores, salas e um teatro com produções contemporâneas — entre elas mais de quarenta quadros, além de fotografias e intervenções. Imagens do Viaduto Santa Ifigênia serão exibidas em tempo real na capela, que foi parcialmente restaurada para a visita do papa Bento XVI, em 2007. “É uma forma de conectar o mosteiro à cidade”, diz Uchôa, monge há catorze anos. A entrada para a exposição é gratuita.

Anúncios