Fundado em 1903 como Gymnasio de São Bento, o colégio foi uma iniciativa do grande Abade reformador Dom Miguel Kruse. A inauguração ocorreu no dia 21 de março, na festa de São Bento, e seu primeiro ano letivo iniciou-se em 15 de fevereiro de 1903. A partir de 1906, abrigou um internato e, em 1908, dividiu espaço com a recém-fundada Faculdade de Filosofia do Brasil.

Colégio de São Bento - localizado num dos pontos mais importantes da Cidade de São Paulo

Em 1943, recebeu o título de Colégio de São Bento. Em mais de 106 anos de atividade, o colégio tem formado com muito orgulho várias gerações de alunos, muitos deles ilustres em seus campos de atuação. Teve como professores, por exemplo, o grande historiador Affonso d’Escragnolle Taunay e o governador de São Paulo, André Franco Montoro. Frequentaram seus bancos escolares personalidades como o prefeito de São Paulo Francisco Prestes Maia, o médico Antonio Prudente Meireles de Morais (neto do presidente da República Prudente José de Morais e Barros), o poeta e tradutor Haroldo de Campos, o escritor Oswald de Andrade, o historiador Sérgio Buarque de Holanda, o ator Raul Cortez, o grande jurista Gofredo da Silva Teles Junior entre outros.

O Colégio de São Bento tem como principal objetivo a formação humana integral de seus alunos.

Detalhe da recepção

As estratégias adotadas pelo Colégio de São Bento estimulam o aluno a pensar em busca de soluções; a realizar tarefas de maneira autônoma; a reconhecer o seu próprio potencial para construir projetos de vida e capacitar-se a enfrentar mudanças.

A proposta pedagógica do Colégio de São Bento tem por objetivo a manutenção de um alto padrão de qualidade na educação em todos os cursos oferecidos, com base em valores, concepções, princípios e crenças que dizem respeito ao futuro do homem e da sociedade.

Entrada da Capela - Nossa Senhora entrega a Santa Regra a São Bento. A direita, Beato José de Anchieta, fundador da Cidade de São Paulo

<!–

O processo educacional, produto de tal proposta pedagógica, baseia-se na formação integral, isto é, formação humanística, intelectual e cidadã.

–>

O projeto pedagógico propõe, com eixos temáticos à proposta curricular das disciplinas, blocos de conteúdos que evidenciem o enfoque interrogativo e reflexivo que desejamos imprimir ao processo de ensino-aprendizagem, bem como a referência aos diversos campos do conhecimento, apontando para a intenção de superar o ensino fragmentado e descontextualizado.

Nos últimos anos o colégio de São Bento vem crescendo consideravelmente o atendimento à comunidade chinesa em São Paulo, e acaba de ganhar uma condecoração do Ministério das Relações Exteriores do Governo Chinês como “escola modelo de educação chinesa”. Uma das melhores do mundo.

Alunos de origem chinesa do Colégio de São Bento de São Paulo, Colégio "Modelo de Educação Chinesa"

Para saber mais: www.colegio.org.br

Anúncios